Para Desencadear Reviravoltas na Indonésia | Pré-estreia

PARA DESENCADEAR REVIRAVOLTAS NA INDONÉSIA (2019)

Em uma metrópole, as vidas de uma musicista e de um motoboy estão atravessadas, como uma avenida transversal. Uma bala perdida encontra um alvo perfeito. Uma mulher quer mudar o tempo, o espaço. Um homem, em sua ignorância, quer ser herói. Vidas entrelaçadas, jogos de poder. Valores se decompõem, quando o acaso protagoniza os fatos

Sinopse Ato I: 

Laura, violoncelista de um  quarteto de cordas, perde seu segundo filho para o acaso: uma bala perdida atravessa o vidro da janela de sua casa e encontra como destino final o peito do rapaz. O primeiro filho, jovem ciclista, havia morrido, há pouco tempo, em um acidente de trânsito. Ela ainda está diante do corpo morto de Arthur sem acreditar no que aconteceu, quando o motoboy, Lucas, chega para entregar o sanduíche que o garoto havia pedido. Ambos, Laura e Lucas, ainda não sabem o que aconteceu, mas estão intimamente ligados a este acontecimento.

Sinopse Ato II:

Lucas, motoboy, entregador de sanduíche, ao chegar à casa de Arthur para uma entrega, encontra o rapaz estendido no chão com uma bala no peito. A mãe de Arthur, Laura, que está pronta para sair e realizar o último concerto do quarteto de que faz parte, parece não querer acreditar que o filho está morto. A dúvida sobre o que teria acontecido move Lucas. Laura não aceita que o acaso venha a tomar-lhe o segundo filho. Os dois, Laura e Lucas, partem em uma viagem contra o tempo.

Sinopse Ato III:

Laura sai de casa desnorteada depois de testemunhar a morte de Arthur, seu segundo filho. Atravessa ruas e avenidas até chegar ao centro da cidade. Nesse universo, tão diferente das salas de concerto que costuma frequentar, ela busca uma saída. Não aceita suas perdas. Quer mudar tudo. Laura deseja revirar tempo e espaço, arregimentar forças visíveis e invisíveis para ter de volta seus filhos. Lucas, o motoboy que se deparou com o corpo morto de Arthur estendido no chão ao chegar para fazer uma entrega, sai atrás de Laura, movido pelo desejo de justiça. Ele quer que ela conte o que aconteceu com o filho ou se entregue para a polícia. Laura e Lucas se encontrarão mais uma vez. Ele diante da verdade dos fatos, ela em um duelo impiedoso com o acaso.

A primeira edição projeto Centrão BH foi realizada em uma pequena loja/galeria na rua São Paulo, hipercentro de Belo Horizonte. Os trechos de “Para Desencadear Reviravoltas da Indonésia”, último espetáculo da tetralogia “Bala Perdida”, foram apresentados para os visitantes/espectadores que por ali passaram – cerca de 580 pessoas ao todo. Além das apresentações, realizadas em horário comercial às segundas, quartas e sextas, a loja/galeria recebia o público para uma exposição, aberta das 13h às 19h, de segunda a sexta-feira.

FICHA TÉCNICA COMPLETA

Para Desencadear Reviravoltas na Indonésia (pré-estreia)

Óperas Urbanas – Projeto “Centrão BH”

Concepção Geral, Direção e Dramaturgia: Rita Clemente
Atuação: Márcio Monteiro e Rita Clemente
Assistência de direção: Luciana Veloso
Trilha Sonora: Márcio Monteiro
Criação de vídeos e projeção: Lucas Morais
Cenário e Figurino: Miriam Menezes
Cenotecnia: Antônio Lima
Modelagem e Costura: Taires Scatolin
Costura: Idaleia Dias
Produção: Luciana Veloso
Assistência de Produção: Elisa de Jesus, Diego Gomes e Márcio Monteiro
Assessoria de Comunicação: Jozane Faleiro – Luz Comunicação
Identidade Visual: Fabiano Lana
Fotografia: Fabiano Lana e Lucas Morais
Registro em vídeo: Charles Carvalho

Realização: Clementtina Cultura

Galeria de fotos